www.rcentro.com

 

 

 
 
  
Artigos » AmorTamanho da letra

Santo para não ser traída

 
Esta questão foi-nos enviada por uma nossa leitora, que, para preservar a sua privacidade, não revelaremos o nome.
 
A primeira apreciação é que obviamente se trata de uma pessoa religiosa e que portanto confia na intervenção divina para evitar uma situação desagradável.
 
Respeitamos esse ponto de vista, mas infelizmente não conhecemos nenhum santo que se dedique a tão espinhosa tarefa de evitar que as pessoas se traiam umas às ou outras. O que daqui se conclui é que os santo são mais esperto do que a populaça pensa, pois evitam colocar-se em situações que depois não pudessem cumprir…
 
De facto, a questão da infidelidade está, em minha opinião, mal avaliada, isto porque a pessoa traída tende a pensa que, por um lado pode evitar que isso aconteça e por outro, quando acontece, tende a sentir que é culpa sua.
 
A minha interpretação é que este é um mau ponto de partida. Por mais que se esforce nunca irão ser as suas ações determinantes do comportamento de outra pessoa. Eu sei que isto é difícil de aceitar e algumas pessoas rejeitarão por completo esta ideia. Estão no seu direito
 
Mas o meu ponto de vista é que aquilo que determina as ações de outra pessoa é o seu carácter, a sua personalidade, a sua educação e obviamente questões genéticas. 
 
Por outras palavras, por melhor namorada ou esposa que seja, por mais santos que tenha como patrono, nada impedirá que seja traída se tiver escolhido um infiel. E é preciso entender, para não se sentir culpada, que você não é responsável por essa atitude. Muitas vezes, apenas o conhece há dois ou três anos…
 
Por outro lado, e no que diz respeito à traição masculina, que é reconheçamos, um bocado fanfarrona, (o homem trai muitas vezes apenas para se convencer a si e aos amigos que é uma estrela) nem é certo que o seu companheiro não a ame. 
 
Pode parecer-lhe estranho que um companheiro que ame a traia e estou de acordo consigo. Acontece que você é mulher e dificilmente entenderá a mente dos homens. Quer aceite ou não, um homem pode amar uma mulher e traí-la. Não estou a defender essa atitude. O que lhe estou a a afirmar é que os motivos da infidelidade masculina não se prendem com falta de amor, de atenção ou de carinho. Prendem-se com a afirmação se ser um macho man, um D. Juan, um conquistador.
 
A verdade é que uma vez descobertos, tendem a pedir desculpa e de forma genuína, pois que muitas vezes a coisa não passou de um impulso do momento.
 
Há uma frase feita que diz “que o homem para ter sexo precisa de um lugar e a mulher de um motivo”. Esta frase traduz a facilidade com que os homens traem. E creia-me, raramente está implícito nesse comportamento magoar a companheira.
 
A conhecida atriz Angelina Jolie disse a certa altura que “uma infidelidade ocasional não é motivo para acabar com um casamento”. Não a desconsidere, pois que ela viveu e viu provavelmente muito mais do que nós e creio que sabe do que fala.
 
Finalizando, e concordando ou não com algumas ideias aqui expostas, fixe o seguinte, se possível: só em casos limite a mulher companheira é a causa da traição. A causa reside no homem e na sua natureza.
 
P.C.
 
 

 



 

Print Friendly and PDF

Artigos relacionados:

» Onde se pode encontrar amor?


» O amor é uma necessidade?


» Como saber se ele já me esqueceu?


» A separação amorosa dói?


» Homem ama e ela não dá valor


» Ele não esquece a ex da adolescência
Fonte:    2013-01-15
 
Voltar
  
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 


» Contatos


siga-nos:

siga-nos nofacebook siga-nos no twitter rss